Sanjuushi Home Realm Forum

Um fórum para reunir todos os fãs de lingua portuguesa da série Sanjuushi, os 3 mosqueteiros, e da cultura japonesa!

Devido a motivos pessoais e profissionais a Administração do fórum encontra-se algo parada, bem como a publicação de novos posts, pede-se encarecidamente a todos os membros interessados para que ajudem neste período de hiato prolongado.

    O meu favorito!

    Compartilhe

    Votação

    Qual é a vossa personagem favorita?

    Total dos votos: x
    avatar
    Lyrrinne
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 1847
    Idade : 40
    Localização : Portugal
    Humor : Amalucado
    Data de inscrição : 16/02/2008

    O meu favorito!

    Mensagem por Lyrrinne em Sab Fev 16, 2008 10:59 am

    Qual é a vossa personagem favorita e porquê? Very Happy
    Bem a minha personagem favorita desde o inicio foi "o" Aramis apesar do choque que tive quando descobri no episódio 4 que ele era uma ela! Mas a admiração que senti pela personagem cresceu depois e claro o mistério que havia por detrás da personagem até ao fim da série fizeram-na um ícone para muitos fãs da série. Very Happy



    Foi uma cena memorável LOL!

    Convidad
    Convidado

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Convidad em Sab Fev 16, 2008 1:20 pm

    Olá Lyrrinne!

    Parabéns pela ideia do fórum! Qualquer iniciativa que tenha por objecto "Os Três Mosqueteiros" (ou o "D'Artagnan", que é assim que sempre chamei à série desde criança lol) é bem-vinda.

    Espero que seja possível reunir muitos fãs, pois é sempre interessante trocar ideias com quem partilhamos interesses em comum. Assim sendo, desejo boa sorte! Smile

    Embora goste de todas as personagens, vilões incluídos, o meu voto tem de ir para o D'Artagnan. Não só é o meu preferido nesta série, como o é em relação a qualquer outra! Além de ser forte, corajoso e leal, é também capaz de personificar valores como a honra, a justiça e a amizade. E ainda tem tempo para ser muito engraçado! lol Para mim, é o herói perfeito Very Happy
    avatar
    Lyrrinne
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 1847
    Idade : 40
    Localização : Portugal
    Humor : Amalucado
    Data de inscrição : 16/02/2008

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Lyrrinne em Sab Fev 16, 2008 1:30 pm

    Obrigada Alexa por teres registado no forum Very Happy
    Apesar de gostar do nosso "bloguinho" achei que um fórum daria sempre mais interacção entre os fas Smile
    Assim agradeço a tua vinda ao Fórum Smile
    Espero que também coloques posts Smile
    Agora lembraste-me que tenho que fazer uma secção para as apresentações LOL! Laughing Laughing

    Convidad
    Convidado

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Convidad em Sex Fev 22, 2008 2:26 pm

    Olá Lyrrinne. Desde já parabéns pela iniciativa de criar um forum sobre a série. Dartanhã (Tá mal escrito mas é de proposito, pois era assim que escrevia nas VHS que gravava com os episodios Razz) é o meu personagem preferido acho que como a Alexa disse de entre todos os que passavam na altura na tv.
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Sex Abr 24, 2009 12:30 pm

    A minha personagem favorita é o Aramis e sempre foi, já desde o tempo do Dartacão, onde o meu preferido era o delicado e poético Araomis (eh,eh,eh). Depois da fase do Dartacão li umas versões juvenis desta trilogia onde também adorei o papel do Aramis e a sua capacidade de estratégia uma vez que na obra original do tio Dumas é ele que está por trás da conspiração da troca de reis.


    Assim sendo não podia deixar de me apaixonar pelo Aramis na versão "Anime Sanjushi"... Ainda me lembro bem do choque que apanhei naquele dia solarengo de Maio quando estava a ver a série. Acho que nunca fiquei tão chocada na minha vida ao ver uma série na televisão (ainda bem que estava sentada no sofá porque senão era capaz de ter caído para o lado).

    Na altura estava a gravar a série e lembro-me de esperar ansiosamente que o episódio acabasse para poder ver a gravação (não sei quantas vezes visualizei essa cena... para a frente e para trás) e poder acreditar que era mesmo verdade. É claro que a partir daí começou a ansiedade e a expectativa de saber o porquê daquela situação (ainda tivemos que esperar vários meses para que o mistério fosse desvendado) e saber se as outras personagens alguma vez iriam descobrir o segredo.


    Também não posso deixar de admirar o carácter forte e corajoso desta jovem que não se submete ás regras da época e que tem a capacidade de traçar o seu destino mostrando-nos que as mulheres são tão capazes ou até mais do que os homens (as suas capacidade de lutadora são incríveis rivalizando com os melhores).

    Já era o "girl power" alguns séculos á frente do seu tempo. Cool
    avatar
    Lyrrinne
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 1847
    Idade : 40
    Localização : Portugal
    Humor : Amalucado
    Data de inscrição : 16/02/2008

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Lyrrinne em Sex Abr 24, 2009 2:05 pm

    Sim, de facto apesar de todo o carinho que poderiamos nutrir pelo heroi da serie, d'Artagnan, foi Aramis que conseguiu chamar a atençao de muitos de nós, por esse motivo devem ter feito o OVA!
    A jovem mosqueteiro da serie era quase um idolo um modelo a seguir para muitas meninas na altura.
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Dom Abr 26, 2009 8:50 am

    Bem, no que me diz respeito, posso dizer que sempre estive mais virada para o Aramis Very Happy (isto já vinha do tempo do Dartacão, talvez a primeira versão que vi dos Três Mosqueteiros … acho que se calhar era o cão mais simpático ou o mais giro, não sei! Rolling Eyes )

    Também devo dizer que nunca fui muito de preferir os protagonistas. Normalmente puxo sempre muito mais por outros personagens… menos principais… digamos, o que não significa que de vez em quando não me apaixone por alguns protagonistas. Isto não quer dizer que não aprecie o D’Artagnan, antes pelo contrário, pois como é que podíamos deixar de nos arrebatar com aquele jovem, um pouco amalucado, mas sempre muito leal e corajoso e sempre disposto a enfrentar todos os perigos e a ajudar os outros? Cool

    Em relação ao Aramis da versão “Anime Sanjushi” não nos podemos esquecer da época em que a história decorre (século XVII) em que uma mulher dificilmente tinha a capacidade de gerir os seus destinos e acho que a aptidão que ela tem de tomar as rédeas á sua vida é extremamente apaixonante e é um exemplo a seguir para toda a gente. É isso que torna este Aramis tão especial !!

    Em relação ao OVA, para além do papel do Aramis ser evidenciado, se calhar quiseram esclarecer alguns pontos da história que não tinham sido clarificados na série tal como o encontro com a mãe do Jean (será que este é um assunto para um debate noutro tópico…?)
    avatar
    Fraulein Andreia MC
    Capitão dos Mosqueteiros
    Capitão dos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 544
    Idade : 31
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 06/05/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Fraulein Andreia MC em Sab Maio 09, 2009 3:20 am

    Bem, eu estou um pouco dividida, todos têm o seu quê de especial, se bem que, para mim, o D'artagnan, o nosso heroi, é o maximo, com os seus ideais de amizade, justiça e coragem. A Aramis, por todas as razões que já foram aqui referidas. Mas também gosto muito da Constance.
    avatar
    Tecaisa
    Aspirante a Mosqueteiro
    Aspirante a Mosqueteiro

    Número de Mensagens : 7
    Idade : 33
    Localização : porto/lisboa
    Data de inscrição : 29/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Tecaisa em Seg Maio 11, 2009 1:01 pm

    Bem, eu não queria ser a unica a dizer que vi a serie por causa de um vilão... ou melhor de uma vilã! Adorava a Milady! Achava-a muito bonita e queria ser como ela! Por isso deixei o meu cabelo crecer, e cortei-o quando o D'artagnã cortou do dela! não a achava que ela era má porque queria, achava que ela o era porque não tinha outra opção! ou então até tinha! enfim... não sei dizer porquê Embarassed
    Também gostei bastante da historia do Aramis, manteve bastante tempo colada à Tv.
    Em questões de herois, claro que o D'artagnã bate-os a todos Smile^Smile
    avatar
    Fraulein Andreia MC
    Capitão dos Mosqueteiros
    Capitão dos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 544
    Idade : 31
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 06/05/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Fraulein Andreia MC em Ter Maio 12, 2009 1:43 am

    Sim, de facto, a Milady uma vilã muito especial e bonita. A verdade é que, apesar de ela ser má, ninguém lhe resiste.
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Qua Maio 13, 2009 1:01 pm

    Quando se fala na personagem preferida temos que mencionar aquela que nos chama mais a atenção independentemente do motivo. No caso do “Anime Sanjushi” normalmente aquele que é referido como o favorito é o D’Artagann e depois as opiniões dividem-se um bocado entre as outras personagens embora haja aqueles que normalmente são um pouco esquecidos como é o caso do Athos e do Porthos. Rolling Eyes

    O D’Artagnan como é o protagonista é aquele que aparece mais vezes e está metido em mais aventuras e confusões. E depois é claro há aquelas cenas malucas em que ele se mete e que tanto nos faziam rir, como cair nas escadas, chocar com tabuletas, pendurar-se em tudo quanto era sítio, fazer caretas e por aí fora… Conseguem imaginar algum dos outros mosqueteiros a fazer essas coisas? Eu não os imagino em nenhuma dessas cenas… Eles são muito sérios para isso… tongue


    Agora por causa dos últimos comentários em relação às personagens femininas estava a pensar numa coisa que me veio á ideia há algum tempo atrás.

    Acho que as três personagens mais importantes, Aramis, Constance e Milady acabam por ter algumas semelhanças entre si porque parece-me que elas acabam por ter um ponto de partida idêntico mas depois a vida encarrega-se de lhes alterar o percurso embora isto não se aplique tanto á Constance mas mais ao Aramis e á Milady.


    Elas as três começam por ser raparigas normais com os projectos de vida que seriam de esperar naquela época mas no caso do Aramis e da Milady há depois factores que vêm alterar isso e que as levam a percorrer caminhos diferentes.

    No caso do Aramis é aquela reviravolta trágica e a reacção da sua família que a “empurram” para uma nova vida e uma nova identidade como homem. Provavelmente a sorte dela é poder contar com o apoio do Capitão de Tréville.

    No caso da Milady ela já não tem a sorte de ter este tipo de apoio. Ela é rejeitada pelo pai, abandonada pela mãe e criada num convento mas mesmo assim apesar de todas as desgraças que lhe podem ter acontecido ainda mantêm a alegria de viver. É só quando é acusada injustamente que se revolta contra o mundo e passa a ser a vilã que todos conhecemos.

    Agora pergunto-me, se ela tivesse tido o apoio de alguém, tipo Capitão de Tréville, será que ainda ficaria má?

    Acho que são as várias circunstâncias da vida que encaminham estas personagens pelos vários percursos.
    A Constance ainda é uma rapariga simples e pura, que tem uma vida normal e que mantém os seus sonhos.
    O Aramis era essa rapariga há 6 anos atrás. Nessa altura o grande sonho da vida dela seria com toda a certeza, casar, ter filhos e viver feliz ao lado do homem que amava. Provavelmente nunca lhe teria passado pela cabeça que poderia viver a sua vida como homem.
    Acho que se puséssemos a Constance e a Renée lado a lado iríamos encontrar 2 raparigas muito idênticas.

    No caso da Milady , penso que também deveria ser esta a sua perspectiva de vida porque se tivermos em conta as suas memórias, parece que ela se sentia bem com a vida que tinha e não tinha desejos de maldade (pelo menos aparentemente). Acho que é apenas a falta de apoios e compreensão que a levam para aquele caminho.

    Também penso no que é que a Constance faria se a sua vida também fosse assim atingida por uma grande tragédia e ela ficasse completamente sozinha.
    Se ela ficasse sem família e inclusivamente sem o amado D’Artagnan e sentisse que a sua vida como mulher estava em perigo será que era capaz de seguir os passos da Renée e passar a viver segundo uma identidade masculina? Ou se fosse acusada injustamente e não tivesse apoios nenhuns, será que poderia enveredar pelo caminho da Milady e se tornaria má?


    Quer dizer, às vezes parece-me que é muito ténue a fronteira que separa estas personagens…

    E para mim é isso que as torna tão interessantes. Cool
    avatar
    Lyrrinne
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 1847
    Idade : 40
    Localização : Portugal
    Humor : Amalucado
    Data de inscrição : 16/02/2008

    Fanfics

    Mensagem por Lyrrinne em Qua Maio 13, 2009 2:41 pm

    Bem, realmente as circunstancias fazem a personagem... Aramis (Renée), Constance e Milady são 3 mulheres de fibra cada uma à sua maneira e dependendo da situação adaptaram-se às circunstancias que as rodeavam... fizeram escolhas umas mais certas do que outras e outras muito más mesmo!
    Acho que a Milady não seria má de verdade não na sua totalidade, mas a mágoa, a dor, desespero e algum desdém pelas pessoas que a rodeavam foram que a tornaram na vilã que conhecemos! Mas no fundo Milady era uma pessoa atormentada! D'Artagnan é dos poucos que acredita que esta poderá regenerar-se... todos pensam que ele é muito inocente... de facto a própria Milady serve-se disso para os seus intentos varias vezes!
    Falando dos rapazes... lol... Athos é o líder sem duvida, a voz da razão do grupo, o elo de ligação entre eles... todos contam com ele seja para fazer pensar o Porthos que leva tudo à frente quando se enfurece, quer para contrabalançar as emoções entre os 2 membros mais emotivos!
    O bom do Porthos é o que podemos chamar de um querido disfarçado de bruto.... apesar de todo o seu tamanho e força hercúlea ele é uma personagem de coração mole! Very Happy
    avatar
    Fraulein Andreia MC
    Capitão dos Mosqueteiros
    Capitão dos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 544
    Idade : 31
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 06/05/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Fraulein Andreia MC em Qui Maio 14, 2009 1:04 am

    Nisso tens razão. A Milady não é propriamente má por natureza. Teve motivos para se tornar numa mulher amargurada, depois de tudo o que passou. A Constance teve sorte porque o D'artagnan esteve sempre ao seu lado, e a Renée porque o Treville lhe deu apoio, já para não falar da amizade dos seus camaradas mosqueteiros. A Milady, pelo contrário, não teve o apoio de ninguém, e, é claro, foi no que deu.
    Quanto ao Athos, ele é a minha personagem masculina favorita a seguir ao D'artagnan. É, de facto, um lider nato. Ao fim e ao cabo, alguém tem de manter a cabeça fria para pôr ordem no grupo. Além de que é um grande amigo e mentor do nosso heroi.
    avatar
    Tecaisa
    Aspirante a Mosqueteiro
    Aspirante a Mosqueteiro

    Número de Mensagens : 7
    Idade : 33
    Localização : porto/lisboa
    Data de inscrição : 29/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Tecaisa em Sex Maio 15, 2009 12:36 pm

    O Athos é sem dúvida o rapaz que todas nós sonhavamos encontrar! Para além de ser bonito e charmoso, é um verdadeiro cavalheiro! Ninguem lhe resiste Laughing Tem espirito líder, é o exemplo de coragem e rectidão, defende os mais necessitados, e sem dúvida é um grande amigo! D'artagnã tem um grande companheiro! No entanto, não podemos tirar o mérito a Porthos que também esteve presente sempre que era preciso, e demonstra sempre o afecto que tem pelos amigos!
    Esta serie é genial! Tudo nela foi pensado meticulosamente ao promenor! Adoro!
    avatar
    Fraulein Andreia MC
    Capitão dos Mosqueteiros
    Capitão dos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 544
    Idade : 31
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 06/05/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Fraulein Andreia MC em Sab Maio 16, 2009 3:29 am

    Ah, sim, o bom, grande e forte Porthos também não pode faltar. Como diz a nossa amiga Lyrrinne, e passo a citar, "é um querido disfarçado de bruto." É sem duvida um fofo.
    É realmente uma série fantastisca. Queria tanto que voltasse a dar na TV, para podermos ver os nossos herois em acção.
    avatar
    Susana
    Mosqueteiro
    Mosqueteiro

    Número de Mensagens : 89
    Idade : 38
    Data de inscrição : 09/03/2008

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Susana em Sab Maio 16, 2009 3:40 pm

    É Aramis, com certeza. Very Happy

    É engraçado mas não me lembro de ter ficado chocada com a descoberta do Jean, acho que até achei graça. Especialmente a parte que o Jusac a desafia e perante a sua recusa, ele diz "entã, és uma mulher ou quê?" Ela ficou mesmo mal basicamente ele estava a dar entender que achava as mulheres fracas...

    Imaginar que teve de alterar a vida completamente, provavelmente a ter de ouvir frases menos boas sobre o s@ºº+ feminino, dado a época, ou entre conversas com os companheiros...tudo isso para vingar o homem que amava...
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Dom Maio 17, 2009 1:42 pm

    Bom, devo dizer que fiquei chocada com esta descoberta sobre o Aramis porque na altura já tinha visto várias versões dos “Três mosqueteiros” para além do Dartacão.

    Lembro-me que já teria visto vários filmes e inclusive até posso dizer que já tinha lido a trilogia dos mosqueteiros embora fosse uma versão juvenil… Até então nunca tinha visto qualquer indício que o Aramis pudesse não ser um homem. O que quero dizer é que depois de ter visto várias versões dos mosqueteiros nunca imaginei que a história pudesse ter uma reviravolta tão grande como uma personagem mudar de s e x o. Surprised

    Até então eu achava que todos os mosqueteiros eram homens e mais nada, até porque naquela época as mulheres não tinham aquele tipo de vida e não se tornavam soldados.


    E se calhar outra coisa que também contribuiu para isso foi a voz do Aramis na versão portuguesa. Por exemplo nas primeiras aparições, a voz é sem sombra de dúvida masculina. É a partir da altura em que se descobre a verdade, que a voz passa a ser mais suave.


    Em relação ao Jussac o que é que se pode dizer? Ele é antipático por natureza… mas esse comentário foi mesmo bem metido, especialmente tendo em conta a descoberta que acabava de ser feita…
    Nessa cena o que eu achei mais divertido foi mesmo o ar do Jean que não sabia muito bem como é que devia reagir… Cool

    Quanto ao Aramis com certeza que ela teve que se adaptar e estar preparada para ouvir todo o tipo de comentários e conversas menos próprias por parte dos outros homens.
    Isso fazia parte do disfarce e dos objectivos que ela tinha traçado para a sua vida (fugir da família e do casamento forçado e vingar o noivo).
    avatar
    Isis
    Mosqueteiro
    Mosqueteiro

    Número de Mensagens : 139
    Idade : 33
    Localização : Tomar
    Humor : Negro
    Data de inscrição : 08/03/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Isis em Sab Maio 23, 2009 8:51 am

    Isso nem se pergunta, qual o meu favorito... O D'artagnan, claro!
    avatar
    turunksun
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 272
    Idade : 33
    Localização : belgica (bruxelas)
    Data de inscrição : 17/02/2008

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por turunksun em Ter Maio 26, 2009 3:54 pm

    Isis escreveu:Isso nem se pergunta, qual o meu favorito... O D'artagnan, claro!

    O meu personagem favorito é o Mascara de Ferro.Ele é misterioso e em toda a serie nao se chega a conhecer a verdadeira identidade do mesmo deixando-me curioso.Como é k existe tal personagem em k nnca se chega a conhecer o verdadeiro rosto ou sua historia..
    O D'artagnan é o tipico heroi que toda a gente gosta.Comico,ingênuo e espirito aventureiro..Fora para conquistar o amor tem de batalhar ate chamar a atençao...
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Qua Jun 10, 2009 1:25 pm

    É interessante ver como cada pessoa tem uma personagem preferida e os motivos que a levam a escolher essa personagem em relação às outras.

    Heróis ou vilões, todos têm os seus méritos, pois uns não podem existir sem os outros. E por vezes há vilões que até acabam por se tornar personagens muito interessantes, principalmente quando os motivos que os levam a agir não são facilmente perceptíveis como é o caso da Milady e também do próprio Máscara de Ferro.


    Voltando outra vez á Milady, estava a pensar num outro factor que também pode ter influenciado a sua vida e as suas escolhas, e que normalmente nunca é referido nas séries de desenhos animados…factores económicos… Acho que no caso dela isso acaba por ter a sua relevância embora possamos não nos aperceber disso.

    O que eu quero dizer é que a Milady é a filha rejeitada de um nobre e se o pai a tivesse reconhecido como filha o mais provável é que a sua vida tivesse tomado uma direcção diferente. Ela seria educada como fidalga e teria acesso a um outro tipo de vida. Mas o que lhe acontece é ser rejeitada pelo pai e abandonada pela mãe acabando por ir parar a um convento onde tem de trabalhar arduamente para ganhar a vida. Mesmo que tenha pais ela acaba por ser uma órfã que tem de trabalhar para ganhar o seu sustento. Mais tarde impressionada pela oferta do outro jovem, decide fugir com ele e quando são apanhados é ela que acaba por ficar com as culpas.

    Quer dizer, como é o “elo mais fraco” é ela que acaba por ser responsabilizada pelo que acontece e é punida por isso… Mais uma vez sofre às mãos dos mais fortes e daqueles que têm dinheiro (é o triângulo dinheiro-poder-classe social)…

    Se calhar naquele momento de desespero e de abandono ela acaba também por concluir que tem contas a ajustar com a Nobreza mas só o poderá fazer se puder contar com os mesmos meios que eles têm á sua disposição. Isto quer dizer que ela tem de arranjar uma maneira de conseguir obter dinheiro. Mas quais seriam as possibilidades que uma rapariga pobre, sozinha e abandonada teria ao seu alcance para enriquecer rapidamente? Devia ser um bocado complicado.

    A única alternativa que lhe restava era conseguir tornar-se numa mulher extremamente fascinante e com recursos que o comum dos mortais não tivesse á sua disposição. É assim que ela se torna perita em todas aquelas artes que a individualizam em relação a qualquer outra mulher e até mesmo homem. E é assim que ela consegue ter os atributos necessários para ser contratada pelos poderosos da época como é o caso do Cardeal e da pessoa para quem ela trabalha na OVA. É claro que nesta altura ela já deve ter um bom rendimento monetário!

    Quando se diz que ela não tem escolha, não sei se será bem assim porque na realidade todos nós temos a possibilidade de escolher o caminho que queremos seguir e acho que nesta altura da vida a Milady também já tem essa possibilidade ao seu alcance.

    Possivelmente o que acontece é que ela se sente bem com este estilo de vida porque para dizer a verdade ela também acaba por se encontrar numa posição em que já é ela a dominar, principalmente naqueles casos em que ela rapta vítimas inocentes e as aterroriza até conseguir alcançar os seus objectivos.
    Se calhar esta é também uma possibilidade de se sentir vingada em relação ao que aconteceu com ela quando era jovem!

    Será que é possível ela redimir-se? Por aquilo que vemos tanto na série como na OVA, parece que ela ainda não tem motivos para mudar o curso da sua vida, mas quem sabe se isso será possível? Acho que tudo irá depender das circunstâncias e da possibilidade de encontrar motivos que a levem a ver as coisas noutra perspectiva…

    Agora em relação á ingenuidade de D’Artagnan ao acreditar que ela se pode redimir, temos que ter em conta que ela é muito convincente especialmente quando pensa que o fim da sua vida está próximo e diz que gostava de nascer de novo para ter uma vida diferente.
    Será que há muita gente que consiga resistir aquele tom de voz que parece tão sincero?
    Será que as outras personagens teriam uma reacção diferente?

    Afinal todos têm sentimentos… Rolling Eyes
    avatar
    Lyrrinne
    Estou de olho no que fazes!
    Estou de olho no que fazes!

    Número de Mensagens : 1847
    Idade : 40
    Localização : Portugal
    Humor : Amalucado
    Data de inscrição : 16/02/2008

    Fanfics

    Mensagem por Lyrrinne em Dom Jun 14, 2009 11:30 am

    Sempre fui da opinião que a Milady no fundo odiava a vida que levava, mas que devido a todas as circunstancias que mencionaste desenvolveu um certo gosto agridoce pela Humanidade... vemos que ela admira e quem sabe até sinta alguma paixão platónica pelo jovem d'Artagnan! Talvez veja nele os valores que sente que todos os outros perderam e pelos quais ela mesma peca... vemos que Milady apesar de tudo acaba por ser tanto consorte como "faz tudo" nas mãos de homens que ela no fundo despreza! E porquê isso? Dinheiro e estatuto é a única coisa que parece surgir do meio de tudo isto... parece que não olha a meios para se vingar da Humanidade que a desprezou desde criança... o único homem que parece ter escapado sem grandes mazelas (a não ser monetárias) foi Athos o único que ela parece ter de facto amado na sua vida auto-destrutiva! Neutral
    avatar
    Anbel
    Mete Ordem nos Mosqueteiros
    Mete Ordem nos Mosqueteiros

    Número de Mensagens : 538
    Idade : 44
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 24/04/2009

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Anbel em Seg Jun 22, 2009 8:05 am

    Bem, pessoalmente não diria que a Milady odeia a vida que leva porque observando todo o comportamento dela, quer seja na série como no filme, aquilo que se pode verificar é que ela é extremamente profissional em tudo o que faz.

    O que quero dizer é que ela se empenha a fundo nas missões que tem de cumprir e não tem limites na sua maneira de actuar. Ela vai até às últimas consequências sejam elas quais forem para conseguir os seus objectivos, o que não me parece ser típico de uma pessoa que está a fazer algo por obrigação ou contrariada. Neutral


    Além disso, uma outra coisa que se verifica é que ela não se limita apenas a cumprir as ordens que lhe são dadas.
    Ela também toma a iniciativa quando as coisas lhe correm mal e as missões fracassam porque tanto no caso do Colar de diamantes como no caso da troca de reis, quando todos os planos falham e ela já está mais que derrotada, encontra sempre uma maneira para praticar as suas vinganças contra aqueles que considera terem estado na origem do seu fracasso. Quando ela faz isto já não é por encomenda de ninguém mas sim por sua única e exclusiva iniciativa. Nestes casos já não está em causa nenhum benefício monetário mas sim algum prazer que ela possa sentir por estar a aterrorizar os outros.


    Agora no que diz respeito á maneira como ela se relaciona com o D’Artagnan nunca me pareceu que ela pudesse nutrir por ele qualquer tipo de sentimento para além de ódio ou talvez um pouco de respeito pelo adversário que ele é.

    Para a Milady o D’Artagnan é um excelente oponente que aparece á sua frente com a intenção de perturbar os seus planos e se formos ver bem as coisas, ele dificulta-lhe muito a vida, o que acaba por ser bastante negativo para ela uma vez que Milady só será gratificada se for bem sucedida nas suas missões.

    Ninguém acha com certeza, que o Cardeal lhe vai dar uma grande recompensa depois de a rainha aparecer no baile com o colar que tinha sido oferecido ao Duque.


    Para a Milady, o D’Artagnan é um adversário de respeito e acho que é assim que ela o vê, como um inimigo que aparece para lhe dificultar a vida e que ela tenta a todo o custo eliminar.
    O nível de vida que Milady tem só existe enquanto ela conseguir desempenhar satisfatoriamente as tarefas para que é contratada. A partir do momento em que ela comece a falhar, ficará sozinha porque as pessoas para quem trabalha não têm grande sentido de lealdade e por isso não a apoiarão nestes casos. Ela será facilmente descartada assim que deixar de ter utilidade e também é isso que D’Artagnan representa – uma ameaça para o estilo de vida que ela tem.


    Quando muito o que ela pode admirar é a sua força e persistência que o levam a fazer tudo para contrariar os seus planos.
    Aliás, se a Milady tivesse algum interesse romântico no D’Artagnan as perspectivas de vida da Constance ficariam seriamente afectadas Crying or Very sad pois com a persistência que a Milady coloca em tudo o que faz, acho que a Constance não iria ter uma vida muito longa.


    Um outro aspecto que também gostaria de focar diz respeito á maneira como a Milady se relaciona com as outras pessoas.
    A Milady que aparece na versão “Anime Sanjushi” é uma pessoa magoada com a vida e revoltada com tudo aquilo que lhe tem acontecido. Por isso mesmo, acaba por ser uma mulher solitária que pretende seguir o seu caminho sozinha, sem interferências de ninguém. Acho que ela não ama nem nunca amou ninguém ao longo da sua vida, nem pretende amar ou sequer fingir que ama. Acho que o relacionamento mais sério que ela consegue ter é com o seu macaquinho Pepe. Acho que este é o único ser com o qual ela se preocupa verdadeiramente e com o qual consegue ter uma relação mais séria e estável. Acho que ela é incapaz de amar devido a tudo o que lhe aconteceu e talvez nunca tenha encontrado ninguém que lhe tenha despertado esse sentimento.

    Pelo contrário, a Milady retratada pelo Alexandre Dumas é uma mulher muito mais maquiavélica e mais ambiciosa que quer ter poder e dinheiro e que não tem limites para alcançar os seus objectivos. Esta Milady usa e abusa dos seus atributos femininos desde que isso sirva para alcançar os seus fins. Ela casa com homens ricos e fidalgos apenas pelo estatuto e poder que isso lhe pode trazer mas também não hesita em usar plebeus se isso a ajudar a alcançar os seus propósitos.


    O que quero dizer é que neste aspecto parece-me que há grandes diferenças entre as duas Miladys.
    Enquanto a Milady de Dumas não hesita em destruir as vidas de homens inocentes apenas pelos benefícios que pode acabar por obter, a Milady da versão “Anime Sanjushi” é um ser mais solitário que nunca teve um relacionamento amoroso sério com nenhum homem.

    Convidad
    Convidado

    Favoritos

    Mensagem por Convidad em Dom Jun 28, 2009 7:21 am

    O D'Artagnan é o meu personagem preferido, por causa da sua coragem e amizade que mostrou pelos outros mosqueteiros em momento mais complicados.

    Convidad
    Convidado

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Convidad em Ter Mar 22, 2011 4:19 pm

    Aramis. De uma forma muito sucinta, por causa da dualidade que ela foi obrigada a assumir e do grande grande amor do qual era detentora.

    Conteúdo patrocinado

    Re: O meu favorito!

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Maio 27, 2018 2:12 pm